A FALTA DE INFORMAÇÕES E A DUPLICIDADE DE ANÚNCIOS

size_590_casas-e-computador

Hoje pesquisei um imóvel que coloquei a venda a pedido do cliente,  depois de terminar os anúncios nos sites de classificados, fui pesquisar no mesmo para ver a posição dele na lista. Não é que achei o imóvel  anunciado com mais de 20 corretores, em mais de 70% com preços diferentes.

Me senti mais um na multidão.

Logo lembrei-me dessa matéria que li outro dia e resolvi postar para vocês ler. Abaixo:

#Compartilhandoconhecimento

———————————————-

O cenário econômico brasileiro não está favorável para diversos setores e o mercado imobiliário não foge desta tendência. Entretanto este não é o momento de alimentar o pessimismo, pelo contrário. São nos momentos de dificuldades que os profissionais do mercado devem reavaliar seus costumes e práticas a fim de ultrapassar qualquer barreira que possa existir.

Um ponto ainda recorrente no mercado imobiliário que precisa ser revisto é a qualidade das informações passadas pelos corretores aos seus possíveis clientes. Não raro é possível ouvir relatos de pessoas em busca de imóveis que não encontram respostas básicas como valor de um condomínio, do IPTU ou mesmo a situação legal do imóvel.

Nos anúncios de imóveis publicados em jornais e na internet também é possível encontrar algumas falhas. Um imóvel, por exemplo, pode ser divulgado em um mesmo veículo por corretores diferentes e com informações diferentes, até mesmo de preço, deixando o consumidor confuso e inseguro sobre a veracidade do anúncio.

O problema da duplicidade de anúncios ocorre pela falta de exclusividade na captação de imóveis, tema que foi abordado aqui no post Como conseguir exclusividade na venda do Imóvel. A exclusividade é primordial tanto para o corretor, que não corre o risco de perder a venda para outra pessoa, quanto para o cliente, que poderá vender seu imóvel com maior rapidez.

Quando o assunto são as fotos de divulgação de um imóvel chegamos a mais um calcanhar de Aquiles do mercado imobiliário. A maioria das fotos encontradas em anúncios são pouco iluminadas e tiradas de ângulos que não valorizam as dimensões dos cômodos. A foto do imóvel deve ser a maior preocupação do corretor, pois através dela o cliente forma sua primeira impressão sobre o imóvel procurado e este é o momento de conquistar seu cliente.

Confira abaixo 3 Dicas rápidas para tirar boas fotos de imóveis:

– Tire fotos durante o Dia. Assim, mesmo que você não possua uma câmera profissional suas fotos ficarão mais nítidas.

– Capriche no Enquadramento. Tire fotos de baixo para cima, pois desta forma você terá um melhor ângulo do cômodo.  Tire também fotos de detalhes que agregam valor ao apartamento, como uma vista privilegiada.

– Deixe o ambiente limpo e organizado. Combine com o proprietário do imóvel um dia para preparar o apartamento para as fotos. Se o imóvel possuir artigos decorativos em excesso, tente reduzi-los ao máximo para que o cliente não se distraia ou fique com uma impressão negativa do imóvel.

 

 

Fonte: www.publicidadeimobiliaria.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *